Cividale del Friuli, Friul-Veneza Júlia. Autor Welleschik

Friul-Veneza Júlia o que ver: as atrações turísticas

Questo post è disponibile anche in: Italiano Francês Inglês Espanhol

Friuli-Venezia Giulia

Friuli-Venezia Giulia

O Friul-Veneza Júlia (Friuli-Venezia Giulia) é uma região, que está localizada no nordeste da Itália. Faz fronteira a leste com a Eslovénia e ao norte com a Áustria, enquanto a oeste pelo Vêneto e para o sul pelo Mar Adriático. O território do Friul-Veneza Júlia sofreu grandes mudanças com o fim da Segunda Guerra Mundial. A Itália perdeu a maioria da Veneza Júlia, incluindo quase toda a Istria, as ilhas de Cherso (Cres) e Lussino (Losinj), a cidade de Fiume (Rijeka), o Vale do Isonzo (Caporetto, Tolmino), a parte ocidental da Carniola (Postumia, Idria, Villa del Nevoso) e na Dalmácia a cidade de Zara (Zadar) e as ilhas de Lagosta e Pelagosa.

A região é hoje composta quase igualmente das zonas montanhosas (42,5%) e das planícies (38,1%), enquanto as colinas possuem 19,3% da superfície regional.

A parte sul da região ao longo do Mar Adriático é plana. Para o oeste da planície corre o rio Tagliamento, enquanto a leste encontra-se o rio Isonzo. A costa tem vastas lagoas como a lagoa de Grado e a lagoa de Marano. A costa é baixa e arenosa, exceto a costa em torno de Trieste, onde o planalto cársico atinge o mar com uma costa alta e acidentada.

A planície do Friul (Pianura Friulana) é a parte mais oriental da planície Padano-Veneta e estende-se entre o mar Adriático ao sul e os Pré-Alpes Cárnicos e Pré-Alpes Julianos ao norte. A cordilheira dos Pré-Alpes Cárnicos pertencem também às Dolomitas friulanas, onde fica o Monte Cima dei Preti com 2.703 metros, a mais alta montanha dos Pré-Alpes Cárnicos. Os Pré-Alpes Julianos estão localizados a leste dos Pré-Alpes Cárnicos e têm altitudes baixas. A montanha mais alta é o Monte Plauris com 1.958 metros.

Aquileia, Friul-Veneza Júlia. Autor Zumzum

Aquileia, Friul-Veneza Júlia. Autor Zumzum

No extremo norte do Friul-Veneza Júlia na fronteira com a Áustria fica a Carnia com a bacia superior do Tagliamento e a cordilheira dos Alpes Cárnicos. Nesta cordilheira existe o Monte Coglians com 2.780 metros, localizado na fronteira com a Áustria, que é a montanha mais alta do Friul-Veneza Júlia. Para o nordeste perto da fronteira com a Eslovénia encontram-se os Alpes Julianos, que no território italiano atingem a sua altura máxima pelo Monte Jôf di Montasio com 2.754 metros.

Friul-Veneza Júlia o que ver: as atrações turísticas

A região do Friul-Veneza Júlia oferece um território muito variado, que faz que o turista, que visita a região, tem muitas oportunidades de entretenimento e de satisfazer os seus interesses. Há cidades com magníficos centros históricos como as de Údine, Trieste, Gorizia e Pordenone e cidades medievais como Cividale del Friuli, San Vito al Tagliamento, Valvasone, Gemona del Friuli, Venzone e a famosa cidade-fortaleza na forma de estrela de Palmanova. Há sítios arqueológicos de grande importância como a cidade romana de Aquileia. Vestígios romanos encontram-se em Trieste, Cividale del Friuli, Gemona e Tarvisio.

As estâncias turísticas de Grado, Lignano Sabbiadoro, Grado Pineta, Lignano Pineta e Lignano Riviera são entre os mais populares balneários à beira-mar do norte do Adriático. As estâncias de esqui das Dolomitas do Friul, dos Pré-Alpes e Alpes Cárnicos e Julianos são muito populares entre os entusiastas do desporto de inverno e caminhantes. As mais famosas chamam-se Piancavallo, Cimolais, Claut, Ravascletto, Sauris, Tarvisio, Forni di Sopra, Forni Avoltri e Sella Nevea.

A natureza da região é protegida em dois parques naturais regionais, quer dizer no Parco naturale delle Dolomiti Friulane e no Parco naturale delle Prealpi Giulie e em reservas regionais e nacionais, bem como numa reserva natural marinha, que é a Riserva naturale marina di Miramare no Golfo de Trieste. Ao longo da costa há também as falésias fascinantes de Duino e a reserva natural da Lagoa de Marano (Laguna di Marano).

Monte Jôf di Montasio, Friul-Veneza Júlia. Autor Johann Jaritz

Monte Jôf di Montasio, Friul-Veneza Júlia. Autor Johann Jaritz

Perto de Trieste existe o Castelo de Miramare espectacular e a Grotta del Gigante. A esplêndida Villa Manin em Codroipo na aldeia de Passariano foi a suntuosa residência dos Doges de Veneza no Friuli.

O Friul-Veneza Júlia é também conhecido pela sua variedade de produtos locais e a sua culinária local, incluindo a Polenta friulana, o Prosciutto di San Daniele, o Prosciutto e o Speck di Sauris, uma variedade de queijos, o mais famoso dos quais é o Montasio. Mas a produção de vinhos é também famosa. A região tem quatro vinhos com denominação de origem controlada e garantida (DOCG).

Entre os locais declarados pela UNESCO Património Mundial os seguintes são encontrados no Friul-Veneza Júlia:

  1. A Área Arqueológica e a Basílica Patriarcal de Aquileia (1998).
  2. As Dolomitas (2009). Fazem parte deste sítio da UNESCO as seguintes áreas das Dolomitas de Friul-Veneza Júlia: As Dolomitas Friulanas e d’Oltre Piave (Pordenone/Údine/Belluno).
  3. Os lombardos na Itália. Os lugares de poder dos anos 568 até 774 (2011). Um sítio está localizado no Friul-Veneza Júlia: A área da Gastaldaga e o complexo episcopal de Cividale del Friuli
  4. Um sítio no Friul-Veneza Júlia é também o local de “Assentamentos pré-históricos antigos nos Alpes” (2011), que é a Palù di Livenza – Santissima (Polcenigo, Pordenone)

Entre os lugares à espera de ser colocados na lista do Património Mundial da UNESCO são:

  1. A cidade-fortaleza de Palmanova.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

About admin

banner
Close
GDPR
Le leggi dell'UE richiedono che chiediamo il tuo consenso all'uso dei cookies. Utilizziamo i cookie per garantire che il nostro sito funzioni correttamente. Alcuni nostri partner pubblicitari raccolgono anche dati e utilizzano i cookie per pubblicare annunci personalizzati.




Sottoscrivete il nostro canale YOUTUBE: