Cala Tinnari, Trinità d'Agultu, Sardenha. Autor e Copyright Marco Ramerini

A Sardenha o que ver: as atrações turísticas

Questo post è disponibile anche in: Italiano Francês Inglês Espanhol

Sardenha

Sardenha

A Sardenha está localizada perto do centro do Mediterrâneo ocidental entre as ilhas Baleares, a Península Itálica, a Córsega e a África. A Sardenha é a maior ilha do Mediterrâneo depois da Sicília.

As costas da Sardenha, que estendem-se por 1.800 quilómetros, são geralmente altas e rochosas, mas também apresentam muitas praias de areia branca e fina. A ilha é conhecida por suas belas praias e para o belo mar com as cores dos mares sub-tropicais.

Quase 68% da ilha é colinhosa, enquanto quase 14% são compostos de montanhas. O relevo da Sardenha é formado por um planalto de granito, a partir do qual sobem as montanhas de Gennargentu no centro-leste. No noroeste sobem as montanhas de Marghine e do Goceano, a sudeste as montanhas de Sarrabus e ao norte as montanhas de Limbara. O monte mais alto da Sardenha fica nas montanhas de Gennargentu, tratando-se do monte Punta La Marmora com 1.834 metros.

A Sardenha tem algumas grandes áreas planas, que representam 18% do território da ilha. No sudoeste fica a vasta planície de Campidano entre Oristano e Cagliari. Para o noroeste encontra-se a pequena planície de Nurra.

Em torno da costa da Sardenha existem numerosas ilhas e arquipélagos: No noroeste fica a ilha Asinara com 52 km², enquanto no nordeste em frente da Córsega encontra-se o arquipélago da Maddalena, ao sudoeste há as duas ilhas de Sant’Antioco com 109 km² e San Pietro com 50 km².

Praia da Pelosa, Stintino, Sardenha. Autor e Copyright Marco Ramerini

Praia da Pelosa, Stintino, Sardenha. Autor e Copyright Marco Ramerini

A Sardenha o que ver: as atrações turísticas

A Sardenha é a maior ilha italiana depois da Sicília. Está localizada no oeste do Mar Mediterrâneo e é uma das ilhas mais importantes do Mar Mediterrâneo para a sua história, o seu povo, a sua língua e especialmente para a beleza da sua costa e o mar.

As costas da Sardenha são lindas e as praias são claras. A atração principal da ilha contém uma série de áreas turísticas como a Costa Smeralda, o Arquipélago da Maddalena, a área do Golfo de Orosei e o Gennargentu, a Costa Rei, o Sinis, a Ilha Asinara e a Costa Verde.

A Sardenha está cheia de ‘nuragos’, torres típicas em forma cônica, cuja origem é ainda enigmática. Existem 7.000 nuragos na ilha inteira. Inclui o Su Nuraxi de Barumini, que é o único local da Sardenha incluído na lista do Património Mundial da UNESCO.

Outros restos de interesse pré-histórico e histórico são os túmulos megalíticos, chamados “Tombe dei Giganti”, a “Domus de Janas” (casa de bruxas), que são tumbas cortadas na rocha, os restos de assentamentos fenícios e romanos e as magníficas igrejas românicas.

Igreja de Santa Trinita di Saccargia, Codrongianus, Sardenha. Autor e Copyright Marco Ramerini

Igreja de Santa Trinita di Saccargia, Codrongianus, Sardenha. Autor e Copyright Marco Ramerini

IGREJAS: Uma viagem à Sardenha não pode ser completa sem uma visita a algumas das belas igrejas construídas na ilha, especialmente aquelas construídas durante o governo de Pisa.

Na Sardenha pode encontrar belas igrejas medievais como a Basílica de San Gavino em Porto Torres, provavelmente a mais bela igreja românica da ilha inteira, uma construção no estilo de Pisa.

No estilo de Pisa existem também as belas igrejas de Santa Maria do Reino de Ardara, SS. Trindade de Saccargia, San Michele Salvènero e Sant’Antioco de Bisarcio, para citar só algumas.

Surpreendentemente escassa e menos valiosa é a arquitectura religiosa gótico-aragonesa.

CASTELOS E TORRES: Devido ao seu carácter de ilha, a Sardenha foi sempre sujeita a invasões a partir do mar. Por esta razão a ilha tem muitos exemplos de fortificações, tanto ao longo das costas, que no interior da ilha.

Desde o período nuragico a população sentia a necessidade de ser protegida para proteger os seus territórios e as suas possessões por meio de fortificações e torres. Em cada período histórico foram construídas torres e fortificações, tanto durante o governo de Pisa, que durante a dominação de Gênova e dos catalães. Hoje existem mais de sete mil torres e fortalezas distribuídas pela ilha.

Praia da Is Aruttas, Cabras, Sardenha. Autor e Copyright Marco Ramerini

Praia da Is Aruttas, Cabras, Sardenha. Autor e Copyright Marco Ramerini

PRAIAS: A Sardenha tem quase 1.900 km de costa. Assim é o primeiro destino italiano para os amantes do mar. As costas da Sardenha são muito diferentes: Na ilha há longas praias de areia fina e branca, alternando com áreas costeiras com falésias e vista ao mar, escondendo pequenas, mas deliciosas enseadas, muitas vezes acessíveis só a pé ou por mar.

A principal atração turística da Sardenha são a beleza do mar e as suas praias. A ilha tem ainda trechos de litoral intocados com água de cores indescritíveis e belas praias.

Entre as áreas turísticas mais famosas e melhor conhecidas são a Costa Smeralda, o arquipélago da Maddalena, a área do Golfo de Orosei, a Costa Rei, o Sinis, a ilha da Asinara e a Costa Verde. Mas todas as costas da ilha valem uma visita em busca de cantos deliciosos do paraíso como Cala Goloritzé, Cala Tinnari e Cala Domestica, para citar só alguns.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

About admin

banner
Close
GDPR
Le leggi dell'UE richiedono che chiediamo il tuo consenso all'uso dei cookies. Utilizziamo i cookie per garantire che il nostro sito funzioni correttamente. Alcuni nostri partner pubblicitari raccolgono anche dati e utilizzano i cookie per pubblicare annunci personalizzati.




Sottoscrivete il nostro canale YOUTUBE: