Montagnana, Pádua, Véneto. Autor Hans A. Rosbach

O Vêneto o que ver: as atrações turísticas

Questo post è disponibile anche in: Italiano Francês

Veneto

Veneto

O Vêneto é uma importante região no nordeste da Itália, localizada junto ao Mar Adriático do Norte, formada por mais da metade de território de planícies (56,4%) e inclui na sua área mais setentrional as montanhas do maciço das Dolomitas e a cadeia dos Alpes Cárnicos. As montanhas formam quase 30% da região do Vêneto.

A região é limitada ao norte pela Áustria, ao nordeste pelo Friul-Veneza Júlia, no sudeste pelo Mar Adriático, ao sul pela Emília-Romanha, no oeste pela Lombardia e ao noroeste pelo Trentino-Alto Ádige. A cidade de Veneza é a capital histórica da região.

O litoral, que estende-se ao longo do Mar Adriático entre o Delta do Pó e a foz do Rio Tagliamento, é baixo e arenoso e tem grandes lagoas como a Lagoa de Veneza e a Lagoa de Caorle e áreas pantanosas como o Delta do Pó.

A parte sul da região é composta por uma vasta planície atravessada pelo rio Pó, que deságua no Mar Adriático na fronteira entre o Vêneto e a Emília-Romanha. Um pouco mais ao norte fica o rio Ádige e em seguida o rio Brenta, que deságuam no mar ao sul de Chioggia, onde começa a Lagoa de Veneza. Ao norte de Veneza no final da Lagoa de Veneza estende-se o rio Piave, enquanto na fronteira com o Friul-Veneza Júlia corre o rio Tagliamento.

Praça de São Marcos, Veneza, Véneto. Autor MarkusMark

Praça de São Marcos, Veneza, Véneto. Autor MarkusMark

A oeste de Pádua (Padova) a planície do Vêneto é interrompida por duas pequenas áreas de colinas: As Colinas Eugâneas com 603 metros e as Colinas Béricas com 444 metros. Ao norte ficam os mais altos Pré-Alpes Vênetos, que estendem-se entre o Lago de Garda, cuja costa oriental pertence em grande parte ao Vêneto, e o Friul-Veneza-Júlia. Em muitos lugares eles excedem dois mil metros de altura. Fazem parte destas montanhas o Planalto de Asiago, o Monte Grappa e as Montanhas Lessini. A montanha mais alta desta cadeia é o Col Nudo com 2.472 metros na cadeia de Alpago na fronteira com o Friul-Veneza Júlia não longe de Belluno.

A parte norte da região é ocupada pelas montanhas das Dolomitas. Há picos famosos como as Tre Cime di Lavaredo com 2.999 metros, o Gruppo del Sella/Piz Boè com 3.152 metros, o Monte Cristallo com 3.221 metros, o Monte Tofane com 3.245 metros, o Monte Antelao com 3.264 metros e o Monte Marmolada com 3.343 metros, que é a montanha mais alta das Dolomitas e da região do Vêneto.

O Vêneto o que ver: as atrações turísticas

Lago di Misurina, Belluno, Véneto. Autor Verozmp

Lago di Misurina, Belluno, Véneto. Autor Verozmp

A região do Vêneto em termos de turismo é uma região completa como a Toscana. Entre as atrações para ver existem cidades como Veneza, Verona, Vicenza, Pádua, Treviso e Belluno, as famosas villas de Palladio, dos quais 24 são incluídas na lista do Património Mundial da UNESCO, muitos pequenos centros medievais como Este, Monsélice, Cittadella, Montagnana, Maròstica, Castelfranco Veneto, Bassano del Grappa, Feltre, Conegliano, Vittorio Veneto, Asolo e Soave.

Veneza é uma cidade jóia, uma atração turística irresistível, tanto para a estrutura urbana particular, construída sobre a água, tanto para a arquitetura, que a caracteriza, feita de palácios e igrejas antigas, pontes, canais e praças.

A natureza do Vêneto inclui montanhas espetaculares como as Dolomitas com centros de desporto de inverno de renome mundial tais como Cortina d’Ampezzo, Arabba, Alleghe, Pieve di Cadore, Asiago e Falcade. Na costa há zonas húmidas como o delta do Pó e as lagoas de Veneza e de Caorle, praias de mar como as de Jesolo, Chioggia, Caorle e Bibione ou praias de calhau como aquelas no Lago de Garda. Há áreas protegidas, incluindo um Parque Nacional (Parco Nazionale delle Dolomiti Bellunesi) e inúmeros Parques Regionais.

A paisagem das Colinas Eugâneas é variada e pitoresca. É um afloramento de origem vulcânica, que é uma excepção na monotonia da planície do Vêneto. Aqui encontram-se os famosos banhos termais de Abano Terme. Outras termas nas Colinas Eugâneas existem em Montegrotto Terme, Galzignano Terme e Battaglia Terme. Na área de Vicenza ficam os banhos termais de Recoaro Terme.

Verona, Véneto. Autor e Copyright Marco Ramerini

Verona, Véneto. Autor e Copyright Marco Ramerini

O enoturismo e o turismo gastronômico são um outro recurso do Vêneto. A região produz vinhos excelentes como o Prosecco de Conegliano-Valdobbiadene, de Valpolicella, de Amarone della Valpolicella, de Recioto di Soave e mais. Entre os pratos típicos do Vêneto são a polenta, o risoto em várias formas, os bigoli, as seppie alla veneziana (choco) e o Pandoro di Verona, bem como numerosos queijos e charcutaria.

Entre os locais declarados como Património Mundial pela UNESCO os seguintes são encontrados no Vêneto:

  1. Veneza e a sua lagoa (1987)
  2. A cidade de Vicenza e as Villas de Paládio do Vêneto (1994).
  3. O Jardim Botânico de Pádua (1997)
  4. A cidade de Verona (2000)
  5. As Dolomitas (2009). Fazem parte deste sítio da UNESCO as seguintes áreas das Dolomitas do Vêneto: Pelmo-Croda da Lago (Belluno), Marmolada (Trento/Belluno), Pale di San Martino, San Lucano – Dolomiti Bellunesi – , Vette Feltrine (Trento/Belluno), Dolomitas Friulanas e d’Oltre Piave (Pordenone/Údine/Belluno), as Dolomitas Settentrionales Cadorine, Sett Sass (Trento/Alto Ádige – Província de Bolzano-Bozen – /Belluno)
  6. Quatro sítios do Vêneto são encontrados no local “Assentamentos pré-históricos antigos nos Alpes” (2011) Eles são: Belvedere e Frassino (Peschiera del Garda), Tombola (Cerea), e Laghetto della Costa (Arquà Petrarca)

Na lista para ser incluídos como lugares da UNESCO são:

  1. A Capela Scrovegni em Pádua
  2. As Colinas de Prosecco di Conegliano e Valdobbiadene

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

About admin

banner
Close
Seguici su Facebook
Resta aggiornato con Famiglia e Salute