Cefalù: uma majestosa catedral normanda

Questo post è disponibile anche in: Italiano Francês

A cidade de Cefalù é famosa pela sua localização cénica no mar ao pé dum penhasco íngreme e ainda mais para a sua magnífica catedral normanda.

Cefalù foi fundada no século V a.C., foi conquistada pelos romanos em 254 a.C. e foi mais tarde um importante centro romano, bizantino e árabe (858-1064). O antigo nome de Cephaloedium, com que foi chamada a cidade no tempo dos romanos, parece ser devido à forma de cabeça dum penhasco sobranceiro à cidade. Em 1064 foi conquistada pelos normandos, que reconstruíram a cidade completamente. Em 1131 a cidade foi “reconstruída” junto ao mar por Rogério II da Sicília, parcialmente utilizando as estruturas urbanas existentes.

Na sua visita recomendamos estacionar o seu carro na área da praça Cristoforo Colombo. O percurso a pé atravessa a via Vittorio Emanuele, onde está o interessante e fascinante lavadouro medieval (ou árabe). Em seguida através da porta do Mar chegamos ao cais, de onde tem uma bela vista da parte antiga da cidade e da praia. Continuando ao longo da via Ortolano chegamos à igreja de San Giovanni e ao bastião Marchiafava.

Entrando para a via Ruggero chega à Piazza Duomo, onde encontra-se a pérola de Cefalù: A magnífica catedral normanda. Interessante é a visita ao museu Mandralisca com uma rica colecção de conchas, moedas e pinturas, incluindo o famoso retrato do desconhecido por Antonello da Messina.

Cefalù, Sicília. Autor e Copyright Marco Ramerini

Cefalù, Sicília. Autor e Copyright Marco Ramerini

Continuando ao longo da via Ruggero encontram-se as Igrejas do Purgatório e da S. S. Annunziata e finalmente o Osterio Magno. Um pouco mais adiante tomando o beco dei Saraceni é possível numa hora de subida extenuante chegar ao topo do penhasco, de onde pode desfrutar duma vista maravilhosa da cidade e da paisagem circundante. Sobre a rocha existem os restos duma construção megalítica do século IX a.C., o chamad Templo de Diana, e fortificações bizantinas.

O monumento mais importante de Cefalù é a bela Basílica-Catedral. A catedral foi construída sob as ordens de Rogério II da Sicília, que a mandou construir para cumprir um voto feito segundo a tradição durante uma tempestade antes de chegar em Cefalù.

Catedral destaca-se para o tamanho de superfície e os edifícios circundantes. A fachada existe entre duas enormes torres encimadas por pináculos piramidais com merlões, que tornam o conjunto impressionante e fascinante. A construção começou em 1131 e em 1145 a abside foi decorada com mosaicos e em seguida o trabalho teve um período de inatividade entre 1172 e 1215.

Cefalù, Sicília. Autor e Copyright Marco Ramerini

Cefalù, Sicília. Autor e Copyright Marco Ramerini

A fachada, que foi concluída por Panittera em 1240, está decorada no topo por duas ordens de loggias fintas com uma grande janela no arco central. As duas torres quadradas estão aliviadas por janelas bifores e monofores elegantes. Entre as duas torres fica o pórtico com três arcos, que remontam a 1472, um trabalho de Ambrogio da Como.

O interior das três naves tem uma cruz latina com duas fileiras de colunas antigas, provavelmente tiradas dum edifício pre-existente. Os mosaicos da abside, em que está o grande Cristo Pantocrator, foram construídos no século XII por mestres bizantinos.

Na basílica estão preservados monumentos funerários, incluindo um sarcófago antigo tardio, um sarcófago medieval e o túmulo valioso do bispo Castelli. Há também uma fonte batismal românica, esculpida num único grande bloco de pedra calcária, decorada com quatro leões esculpidos do século XII e uma Virgem da oficina de Antonello Cagini do século XVI. Significativas são as pinturas do teto da nave maior com bustos, motivos decorativos e animais fantásticos, provavelmente o trabalho de artistas árabes.

Informações práticas: Cefalù pode ser alcançado a partir de Palermo ou Messina ao longo da nova e moderna rodovia A20. De Palermo é de 70 km de distância e de Messina são 165 km.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

About admin

banner