A Campânia o que ver: as atrações turísticas

Questo post è disponibile anche in: Italiano Francês Inglês Espanhol

Campania

Campania

A Campânia com 13.590 km² é uma região do sul da Itália, localizada entre Lácio para o noroeste, o Molise ao norte, a Apúlia ao nordeste e a Basilicata ao sudeste. Os antigos romanos chamavam esta região italiana “Campania Felix”, que significa “Campânia próspera”. Isto é devido à riqueza e à fertilidade do solo de origem vulcânica.

A Campânia é hoje a segunda região italiana por população com 5.835.000 habitantes e a primeira para a densidade com 429,4 habitantes por km². A principal cidade é Nápoles e outras cidades são Avellino, Benevento, Caserta e Salerno.

A região da Campânia estende-se ao longo do mar Tirreno com mais de 200 km de litoral. Há quatro grandes golfos: o Golfo de Gaeta, o Golfo de Nápoles, o Golfo de Salerno e o Golfo de Policastro.

As penínsulas de Sorrento e de Cilento caracterizam uma parte da costa. O litoral norte é baixo e arenoso, enquanto a costa das duas penínsulas torna-se alta e irregular. Há três ilhas principais do arquipélago da Campânia: Ísquia com 46,3 km², Capri com 3,97 km² e Procida com 3,7 km².

O interior da Campânia é feito de terra plana intercalada com áreas declivosas e montanhosas. Ao redor do Golfo de Nápoles há cones significativos vulcânicos como o Monte Vesúvio com 1.281 metros de altitude. No interior da região sobem as montanhas dos Apeninos Campanianos. Nas montanhas de Matese o Monte Miletto é o pico mais alto com 2.050 metros, sendo a montanha mais alta de toda a Campânia.

Campânia o que ver: as atrações turísticas

O turismo na Campânia é uma fonte importante de renda. Um dos principais destinos turísticos é Nápoles com o seu centro histórico, o Maschio Angioino, o Palácio Real, o Castelo do Ovo e os bairros espanhóis.

As ilhas do Golfo de Nápoles sempre atraíram um turismo de elite. Capri, Ísquia e Procida são os principais destinos, bem como Sorrento, a Costa Amalfitana com Amalfi, Positano, Ravello, Vietri sul Mare e o belo litoral do Cilento. Há muitos lugares para ficar: Centros de férias, estâncias de recreação, balneários e termas.

Em Campania existem sítios arqueológicos de renome mundial. Os mais famosos são as ruínas de Pompeia e Herculano, as vilas romanas de Oplontis (Torre Annunziata) e o anfiteatro romano de Santa Maria Capua Vetere. Os templos gregos de Paestum são também maravilhosos. O Vesúvio é um dos vulcões perigosos com erupções destrutivas, que ocorrem com pouca frequência, mas quando ocorrem criam terra arrasada por quilómetros.

A região é o lar de seis locais do Património Mundial da Humanidade da UNESCO.

Eles são:

  1. O centro histórico de Nápoles (1995).
  2. O Palácio Real de Caserta com o Parque, o Aqueduto de Vanvitelli e o complexo de San Leucio (1997)
  3. As áreas arqueológicas de Pompéia, Herculano e Torre Annunziata/Oplontis (1997)
  4. A Costa Amalfitana (1997)
  5. O Parque Nacional do Cilento e o Vale de Diano com os sítios arqueológicos de Paestum e Velia e a Certosa di Padula (1998)
  6. O Complexo de Santa Sofia em Benevento, dentro do sitio: Os lombardos na Itália, Locais do poder de 568 até 774 AD (2011)

Entre os lugares à espera de ser colocados na lista do Património Mundial são:

  1. A Transumância: O caminho real dos pastores.
  2. O bradissismo na área Flegrea.
  3. A Via Appia “Rainha das Estradas”.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

ALOJAMENTO, AGROTURISMO, B & B E HOTEL

Booking.com

About admin

Avatar