O mar, Aci Castello, Sicília. Autor e Copyright Marco Ramerini

Itinerário na Sicília: Catânia, Aci Trezza, Aci Castello, Acireale, Etna, Zafferana Etnea

Questo post è disponibile anche in: Italiano Francês

Itinerário na Sicília: O objetivo dessas férias é a ilha da Sicília. Decidimos fazer um itinerário para maximizar uma semana, que temos a nossa disposição.

20 de abril (primeiro dia)

Voo para Catânia

Catânia – Aci Trezza – Aci Castello – Acireale – Etna – Zafferana Etnea

Tempo limpo

Esta manhã deixamos para a Sicília!

Hoje temos o voo para o aeroporto de Catânia. Para o voo eu recomendaria perguntar para um assento ao lado da janela do lado esquerdo e entrando a partir da cauda, porque daquele lado antes da aterragem em Catânia terá uma vista panorâmica excelente sobre o Monte Etna.

Il porticciolo di Aci Trezza, Sicilia. Autore e Copyright Marco Ramerini.

Il porticciolo di Aci Trezza, Sicilia. Autore e Copyright Marco Ramerini.

Uma vez em Catânia retiremos a nossa bagagem. Em seguida dirigemos ao escritório de aluguer de carro para pegar o nosso carro, que temos reservado na internet com RentalCars. Deixamos Catânia com o nosso novo carro alugado.

O dia está ensolarado e a temperatura é agradável. Nossos primeiros destinos são Aci Trezza e Aci Castello. Ao longo do anel viário de Catânia notamos uma abundância de flores na estrada, laranjais, limoeiros, mas acima de tudo não podemos deixar de notar a beleza e a imponência do Etna, clareado pela neve. Ao longo do caminho notamos infelizmente um excesso de construções selvagens. Depois de 30 minutos chegamos a Aci Trezza, o lugar, que viu os protagonistas do romance de Verga “I Malavoglia”, um pequeno porto de pesca, encantador por causa das famosas ilhas dos Ciclopes e das pilhas (faraglioni) de pedra vulcânica preta, que contrastam com o azul do mar. É bom para respirar o ar deste lugar, que mistura-se com o perfume de jasmim, que já floresce.

Depois dum curto passeio ao longo do cais do porto vamos para Aci Castello, que fica a poucos minutos. Sendo já o meio-dia, decidimos visitar imediatamente o castelo com o pequeno museu, porque fecha às 13.00 horas. O castelo dos séculos IX-XI AD está situado num lugar pitoresco num esporão de rocha negra vulcânica com vista para o mar, a partir de onde a vista estende-se sobre as ilhas dos Ciclopes. A visita ao castelo é sobretudo interessante para a vista impressionante. No interior existe um pequeno museu de fósseis, de cerâmica antiga e um pequeno jardim botânico com plantas suculentas. Na vila de Aci Castello junto à entrada do castelo há uma bela praça com árvores de jasmim e bancos de jardim. Dada a hora de refeição, tomamos um bom petisco no pequeno bar ao lado da igreja.

Etna, Zafferana Etnea, Sicilia. Autore e Copyright Marco Ramerini

Etna, Zafferana Etnea, Sicilia. Autore e Copyright Marco Ramerini

Em seguida partimos para Acireale, uma vila interessante, enriquecida pela presença duma bela praça com vista para três edifícios importantes: A Câmara Municipal, a Catedral e a Igreja de S.S. Pietro e Paolo. Era uma vergonha, que todos os três edifícios ficavam fechados. Em Acireale visitamos também o parque municipal da Villa Belvedere, onde podemos gozar uma bela vista do mar.

Continuamos para realizar a última etapa de hoje: O vulcão Etna. Subimos a montanha ao longo da estrada, que de Nicolosi chega para o Refúgio Sapienza a 1.900 metros acima do nível do mar. A visita do vulcão é a não perder: A estrada encontrando-se completamente cercada por lava, paramos várias vezes para admirar a paisagem e as vistas. Chegamos na área do Refúgio Sapienza e somos surpreendidos pelas cores verde e vermelho da pedra vulcânica. Aqui fazemos uma caminhada depois do Réfúgio para visitar o vulcão Silvestri de 1.889 m, uma paisagem, que nos lembra à do vulcão Haleakala na ilha de Maui do Arquipélago de Havaí.

Ao longo da estrada para Zafferana Etnea paramos para uma visita à “Sicília em Miniatura” no restaurante La Fenice, um projeto de turismo interessante muito apropriado, se tem filhos: Para além da reprodução de alguns monumentos da Sicília a parte mais interessante são os chamados “museus”, quer dizer os quartos temáticos, que tem como tema a vida selvagem do Etna, o artesanato antigo, o treinador, o carro e a casa da abelha. Após esta paragem interessante chegamos ao nosso hotel em Zafferana Etnea: O Airone Wellness Hotel, uma excelente propriedade, localizada numa posição panorâmica. Zafferana Etnea é uma aldeia agradável, localizada a 574 metros acima do nível do mar, sendo um bom ponto de partida para visitar o Monte Etna.

Continue para a segunda parte —- >>>>

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

About admin

banner
Close
GDPR
Le leggi dell'UE richiedono che chiediamo il tuo consenso all'uso dei cookies. Utilizziamo i cookie per garantire che il nostro sito funzioni correttamente. Alcuni nostri partner pubblicitari raccolgono anche dati e utilizzano i cookie per pubblicare annunci personalizzati.




Sottoscrivete il nostro canale YOUTUBE:
Seguiteci su Facebook
Restate informati su Famiglia e Salute